As Três Noites de Eva

Regras de Preston Sturges para uma comédia de sucesso

1) Uma moça bonita é melhor que uma feia
2) Uma perna é melhor que um braço
3) Um quarto é melhor que uma sala
4) Uma chegada é melhor que uma partida
5) Um nascimento é melhor que uma morte
6) Uma perseguição é melhor que uma conversa
7) Um cão é melhor que uma paisagem
8) Um gatinho é melhor que um cão
9) Um bebê é melhor que um gatinho
10) Um beijo é melhor que um bebê
11) Quando alguém cai de bunda no chão é melhor que todo o resto

As regras foram publicadas na bibliografia do também cineasta Billy Wilder, Billy Wilder: E o Resto é Loucura, de Hellmuth Karasek (Editora DBA; pg. 183). Abaixo, o cineasta Preston Sturges com a atriz Barbara Stanwyck durante as filmagens de As Três Noites de Eva.

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

Veja também:
Stroheim segundo Billy Wilder

15 comédias malucas e inesquecíveis do cinema clássico

As chamadas “comédias malucas”, ou screwball, são perfeitas para dias tristes. Todas incluem a mesma história, com algumas variações. Envolvem mocinhos inocentes e mulheres espertas, ou mesmo casais em conflito, que insistem em se negar. Há também ricaços – ou filhas de ricaços – e bastante champanhe e joias. As confusões têm prazo para terminar: até o fim do filme, sabe-se, o casal estará aos beijos.

Esse cinema ainda ingênuo levou pitadas de sexo a Hollywood. Da levantada de saia de Claudette Colbert em Aconteceu Naquela Noite às roupas de Barbara Stanwyck em Bola de Fogo, nada era por acaso. E o que falar, então, das piadas sobre serpentes em As Três Noites de Eva?

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

levada da breca

Roteiristas como Billy Wilder aprenderam a técnica da screwball com mestres como Hawks e Lubitsch. Faria Pacto de Sangue pouco depois, no terreno do noir.

Considerado o “Orson Welles da comédia”, Preston Sturges foi um gênio em curto período, mestre absoluto, até Hollywood dar-lhe as costas. Após a Segunda Guerra Mundial, a screwball perderia espaço – tal como as comédias de Chaplin.

Ainda assim, sua influência seria observada em inúmeros filmes mais tarde, como Nascida Ontem, Quanto Mais Quente Melhor e, depois, em Essa Pequena é uma Parada, remake evidente de Levada da Breca feito por Peter Bogdanovich – que nunca escondeu seu amor por Hawks. Escolha qualquer uma das comédias abaixo e fique feliz por alguns bons dias.

Ladrão de Alcova, de Ernst Lubitsch

ladrão de alcova

Aconteceu Naquela Noite, de Frank Capra

aconteceu naquela noite

Suprema Conquista, de Howard Hawks

suprema conquista

O Galante Mr. Deeds, de Frank Capra

galante mr. deeds

Cupido é Moleque Teimoso, de Leo McCarey

cupido é moleque teimoso

Boêmio Encantador, de George Cukor

boêmio encantador

Levada da Breca, de Howard Hawks

cary grant

Ninotchka, de Ernst Lubitsch

Greta Garbo - Ninotchka

Núpcias de Escândalo, de George Cukor

núpcias de escândalo

Jejum de Amor, de Howard Hawks

jejum de amor

Contrastes Humanos, de Preston Sturges

contrastes humanos

Bola de Fogo, de Howard Hawks

bola de fogo

As Três Noites de Eva, de Preston Sturges

as três noites de eva

A Incrível Suzana, de Billy Wilder

a incrível suzana

Este Mundo é um Hospício, de Frank Capra

este mundo é um hospício

Veja também:
A comédia sem freios dos Irmãos Marx
20 grandes comédias que perderam o Oscar

Navios, barcos, botes, jangadas e outros (em 30 filmes)

Na rabeira do lançamento de Capitão Phillips, novo trabalho de Paul Greengrass, segue uma lista com filmes que incluem barcos e outros meios de transporte sobre a água. Em alguns deles, os barcos estão de passagens e não são fundamentais à história. Mas sempre vale lembrar e dar uma conferida. À lista.

Encouraçado Potemkin, de Sergei M. Eisenstein

encouraçado potemkin

Marinheiro de Encomenda, de Charles Reisner e Buster Keaton

marinheiro de encomenda

Limite, de Mário Peixoto

limite

Tabu, de F.W. Murnau

tabu

O Atalante, de Jean Vigo

atalante

O Grande Motim, de Frank Lloyd

o grande motim

Um Dia no Campo, de Jean Renoir

um dia no campo

As Três Noites de Eva, de Preston Sturges

três noites de eva

Nosso Barco, Nossa Alma, de Noel Coward e David Lean

nosso barco nossa alma

Um Barco e Nove Destinos, de Alfred Hitchcock

um barco e nove destinos

As Oito Vítimas, de Robert Hamer

oito vitimas

Uma Aventura na África, de John Huston

uma aventura na áfrica

Os Homens Preferem as Loiras, de Howard Hawks

homens preferem as loiras

Monika e o Desejo, de Ingmar Bergman

monica e o desejo

A Nave da Revolta, de Edward Dmytryk

a nave da revolta

Sabrina, de Billy Wilder

sabrina

Exodus, de Otto Preminger

exodus

A Faca na Água, de Roman Polanski

a faca na água

Billy Budd, de Peter Ustinov

billy budd

Os Emigrantes, de Jan Troell

emigrantes

Amargo Pesadelo, de John Boorman

amargo pesadelo

Tubarão, de Steven Spielberg

tubarão

Fitzcarraldo, de Werner Herzog

fitzcarraldo

As Três Coroas do Marinheiro, de Raoul Ruiz

tres coroas do marinheiro

Forrest Gump, o Contador de Histórias, de Robert Zemeckis

forrest gump

Titanic, de James Cameron

titanic

Um Filme Falado, de Manoel de Oliveira

um filme falado

Mestre dos Mares – O Lado Mais Distante do Mundo, de Peter Weir

mestre dos mares

A Aventura de Kon-Tiki, de Joachim Rønning e Espen Sandberg

kon tiki

As Aventuras de Pi, de Ang Lee

as aventuras de pi