Quadros: Contos Imorais

Resumo: em cinco histórias (ou contos), o diretor polonês Walerian Borowczyk apresenta a busca pelo orgasmo. O prazer, em mais de um momento, confronta a religião, a Igreja, a ordem. O prazer é natural. Meninas e meninos livres, como se vê no primeiro conto; ou, como se vê no segundo, a prisão da qual a garota só consegue escapar com a descoberta do corpo – e do sexo. Filme libertador, de imagens poderosas. (Contes immoraux, 1973)

Direção: Walerian Borowczyk
Direção de fotografia: Bernard Daillencourt, Guy Durban, Noël Véry, Michel Zolat.