As melhores cenas do cinema em um filme de Visconti, segundo Hector Babenco

Francis Ford Coppola me disse um dia: “Sabe Hector, não importa quantos filmes tenhamos feito ao longo de uma vida, o que realmente interessa é saber se em algum deles tem uma cena que seja inesquecível”. É só isso que interessa. Pense em Rocco e Seus Irmãos, na cena em que [o personagem de] Renato Salvatori esfaqueia, contra uma árvore, numa floresta gelada, a nossa amada Annie Girardot, ou na cena dos irmãos rolando aos prantos na cama. Vi este filme com 14 anos – ou seja, faz 49 anos. O meu DNA vem daí.

Hector Babenco, cineasta, em depoimento ao jornal Folha de S. Paulo (Caderno Mais!, 24 de janeiro de 2010; leia aqui). Acima e abaixo, Girardot e Salvatori e, abaixo, Alain Delon e Salvatori nas cenas citadas.

ACOMPANHE NOSSOS CANAIS: Facebook e Telegram

Veja também:
Teorema, segundo Pablo Larraín

2 comentários sobre “As melhores cenas do cinema em um filme de Visconti, segundo Hector Babenco

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s