Bastidores: Perdidos na Noite

Eu fiquei impressionado. E gostei de uma coisa no cavalheiro sulista. O fator do: “Sim, senhor. Não, senhor”. Vi que todos aqueles jovens falavam assim. Isso tem uma certa doçura, e para mim Joe era assim. Eu disse: “Joe tem essa doçura. Pegou isso da cultura. Ele não é grosso, apesar de ter se envolvido em coisas muito bizarras. Ele é só um rapaz do interior”. E Joe Buck tinha uma consciência de si mesmo que foi interessante para mim, na hora. (…) Ele lutava para se encaixar em algum lugar. Essa era sua jornada. Ele não tinha família, não tinha ancoradouros.

Jon Voight, ator, em depoimento nos extras do DVD de Perdidos na Noite (20th Century Fox), sobre a viagem que fez para o Texas antes de começar as filmagens, para se preparar para a personagem que lhe tornou astro. Acima, durante as filmagens, com Dustin Hoffman; abaixo, o ator com o diretor John Schlesinger em Nova York.

ACOMPANHE NOSSOS CANAIS: Facebook e Telegram

perdidos na noite

Veja também:
A escolha certa de Dustin Hoffman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s