Bastidores: Platoon

Lá estava eu com 39 anos, com as mãos vazias, minha carreira de diretor encerrada. E aí, em um gesto suicida, eu coloco todo o meu dinheiro em um filme absolutamente louco, Salvador (1986), e, de repente, me perguntam se eu quero fazer Platoon, porque, segundo eles [os produtores], “o ciclo do Vietnã não tinha terminado”. E até que eu saísse do outro lado, me desgastei, envelheci, me destruí internamente. Mas era o meu momento, e tudo mudou.

Oliver Stone, cineasta, em entrevista à jornalista Ana Maria Bahiana, na ocasião do lançamento do livro Chasing the Light, para o jornal Folha de S. Paulo (Caderno Ilustríssima, 12 de setembro de 2020; leia aqui). Acima, o diretor Oliver Stone em 1967, no Vietnã; abaixo, o elenco de Platoon em momento de descontração durante as filmagens.

ACOMPANHE NOSSOS CANAIS: Facebook, YouTube e Telegram

Veja também:
Vídeo: cinco cenas icônicas do cinema de Stanley Kubrick

2 comentários sobre “Bastidores: Platoon

  1. Excelente filme! Meu Pai foi ver no cinema e sempre adorou. Eu era criança e não tinha idade para assistir! Quando assisti pela primeira vez, foi sensacional! Tenho guardado em DVD! Está na fila de filmes para ver com meu filho!! Gosto demais dos seus comentários! Conheci você através das lives do PFC!

    Abraços!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s