Costa-Gavras: “políticos têm carreiras, cineastas têm paixões”

(…) todos os filmes são políticos. Não há nada mais político do que um filme de super-herói, com um carro potente e salvando mocinhas indefesas. O impacto que o cinema de puro entretenimento exerce sobre as gerações é incalculável. Faço filmes sobre o que me inquieta. E só.

 

(…)

 

Políticos têm carreiras, cineastas têm paixões. É a dúvida que move um diretor, a vontade de dividir os dilemas que ele carrega sozinho. E sempre haverá uma história a ser contada. Tenho 80 anos e não consigo imaginar minha vida sem fazer filmes.

Constantin Costa-Gavras, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo (Caderno Ilustrada, 21 de maio de 2013; leia aqui). Acima, imagem de Z. Abaixo, Costa-Gavras com Yves Montand em Cannes, na apresentação de Z.

ACOMPANHE NOSSOS CANAIS: Facebook, YouTube e Telegram

Veja também:
David Fincher explica Clube da Luta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s