O encontro de Glauber com Mojica

Enquanto Mojica terminava de filmar Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver na sinagoga do Brás, À Meia-Noite Levarei Sua Alma estreava em cinco cinemas do Rio de Janeiro. Se até então a fama de Mojica havia ficado restrita a São Paulo, o lançamento do filme no Rio, principal centro da imprensa brasileira da época e berço da turma do Cinema Novo, tornaria-o famoso em todo o país.

 

O distribuidor do filme no Rio foi Nelson Teixeira Mendes. Na primeira semana de junho, Mendes mandou vários fiscais de sua empresa ao Rio para vistoriar os borderôs de bilheteria. Entre esses fiscais estava Virgílio Roveda, o Gaúcho, assistente de cenografia de Esta Noite. Gaúcho foi designado para fiscalizar o cinema Roxy, em Copacabana. Certo dia, estava batendo um papo tranquilo com o gerente do cinema, quando ouviu uma gritaria danada dentro da sala. O lanterninha saiu desesperado:

 

– Tem um maluco gritando lá dentro!

 

Gaúcho e o gerente entraram no cinema e viram um sujeito de pé, na primeira fila, de cabelos desgrenhados e camisa aberta no peito, aos berros:

 

– Gênio! Puta que pariu, esse cara é um gênio!

 

Era Glauber Rocha.

 

Não era a primeira vez que Glauber assistia ao filme. Meses antes, Rogério Sganzerla – então crítico de cinema do Jornal da Tarde – já o havia convidado para uma exibição de À Meia-Noite Levarei Sua Alma em São Paulo. Glauber foi sem esperar nada, e saiu deslumbrado. Viu em Zé do Caixão semelhanças com Antônio das Mortes, personagem que criara em Deus e o Diabo na Terra do Sol. Sganzerla depois o levou para visitar a Sinagoga do Brás. Glauber pediu para ser apresentado a Mojica apenas como “um amigo”, sem ter seu nome revelado. Não queria ser tratado como alguém especial. Sua preocupação, no entanto, era infundada: não só Mojica era cordial com todos que o visitavam, como não tinha a menor ideia de quem era Glauber Rocha.

André Barcinski e Ivan Finotti em Maldito, biografia de José Mojica Marins (Editora DarkSide; pgs. 213 e 214). No cabeçalho, Mojica no lendário À Meia-Noite Levarei Sua Alma.

Curta nossa página no Facebook e siga nosso canal no YouTube

Veja também:
José Mojica Marins (1936-2020)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s