Os dez melhores filmes de Martin Scorsese

Como fazer Scorsese caber em dez títulos? É impossível. Por isso não custa lembrar desde já: eis uma lista pessoal, com um pouco de tudo, de diferentes épocas, de um diretor que atravessou décadas fazendo grandes filmes e outros (poucos) nem tanto. E mesmo quando parece menor, Scorsese recompensa o público com sua direção de cinema.

10) Depois de Horas (1985)

Sem De Niro, Scorsese tem Griffin Dunne. Faz aqui um filme rápido, engraçado, centrado em uma única noite. Ganhou prêmio de direção em Cannes, ano em que a Palma foi para A Missão – justamente com De Niro.

9) A Invenção de Hugo Cabret (2011)

Homenagem a Georges Méliès, aos primórdios do cinema, a partir do olhar de um garoto em uma estação de trem. Luxuoso, cheio de retoques digitais, mas sem nunca esquecer o material humano.

8) A Cor do Dinheiro (1986)

Um desafio: retomar a história de um certo Fast Eddie Felson, imortalizado por Paul Newman na obra-prima Desafio à Corrupção. Tem também um jovem Tom Cruise na medida. Oscar de melhor ator para Newman.

7) O Rei da Comédia (1982)

O desejo do protagonista é estar na telinha, nem que para isso seja necessário sequestrar o apresentador famoso. Tem De Niro enlouquecido e Jerry Lewis em papel sério. Inspiração clara para o recente Coringa.

6) O Irlandês (2019)

Três horas e meia com fôlego invejável. Scorsese reúne a turma toda, traz Pacino para seu círculo e conta uma história de crimes com respingos de compaixão. Em cena, o caminhar de Frank Sheeran e sua vida na máfia.

5) O Lobo de Wall Street (2013)

As falcatruas de um certo Jordan Belfort no coração financeiro da América – e do mundo. Um filme de evidente mal-estar, ora ou outra em tom cômico, no qual seu diretor tem toda liberdade para exagerar. E é brilhante.

4) Caminhos Perigosos (1973)

Depois de Caminhos Perigosos não haveria mais dúvidas sobre o talento do jovem Scorsese. Um filme pequeno, sujo, marginal, repleto de sequências extraordinárias e um ator então pouco conhecido chamado Robert De Niro.

3) Os Bons Companheiros (1990)

O protagonista e narrador olha o mundo da máfia através de sua janela. Deseja estar entre aqueles homens, gente que resolve problemas à base da força, ganha muito dinheiro e tem o mundo a seus pés.

2) Taxi Driver (1976)

O filme mais influente de Scorsese. Obra que, com poucas outras, define sua década. De Niro é Travis, taxista que passa suas noites em claro rodando por uma cidade suja, entre anjos e demônios, mais tarde armado até os dentes.

1) Touro Indomável (1980)

A história de Jake LaMotta (De Niro, de novo!), boxeador que leva sua culpa ao ringue e sobre ele busca a expiação. Tudo perfeito, tudo no lugar, com sequências arrebatadoras. Nem a música de Mascagni soa exagerada.

Curta nossa página no Facebook e siga nosso canal no YouTube

Veja também:
O corredor em que Scorsese entrou e não saiu mais
O Lobo de Wall Street, de Martin Scorsese

5 comentários sobre “Os dez melhores filmes de Martin Scorsese

  1. Há de se acrescentar nesta lista o polêmico e ousado “A última tentação de Cristo”, simplesmente maravilhoso com Wilhelm Dafoe no papel título. Scorcese é primoroso na direção!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s