Uma tetralogia sobre a “doença dos sentimentos”

Eu acredito que os três filmes têm relações entre si e podem ser considerados uma trilogia – ou, com O Deserto Vermelho, uma tetralogia. Apesar de os personagens serem diferentes e de não haver conexão entre as tramas, eles formam um grupo coesivo tematicamente, todos se voltando para o que Antonioni chamou de “malattia dei sentimenti” (a doença dos sentimentos), algo que ele observou na Itália dos anos 1960. Cada um deles trata de um conflito que surge quando homens e mulheres tentam dar sentido a sua relação amorosa – e falham.

 

(…)

 

Esses três, ou quatro filmes, são fundamentais para a evolução do cinema moderno, tanto no tema quanto na forma. Tematicamente, ao lado de Ingmar Bergman e Alain Resnais, Antonioni ajudou o cinema a amadurecer e a alcançar perspectivas morais e psicológicas tão complexas quanto aquelas que caracterizam a ficção modernista de Joyce, Proust, Faulkner. Certamente, todos os cineastas americanos de uma geração mais jovem – nomes como Scorsese, Coppola, Altman etc. – reconhecem uma dívida com Antonioni. No campo da forma, a contribuição de Antonioni é ainda maior. Ele é um magnífico artista visual, profundamente arraigado na tradição da pintura modernista, da escultura, da arquitetura e do planejamento urbano. Particularmente brilhante, por exemplo, é a maneira com que ele relaciona os personagens de A Noite e O Eclipse com o ambiente urbano que os cerca e, de certa forma, os engole.

Seymour Chatman, escritor e professor, em entrevista ao jornalista Ricardo Calil na revista Cult (leia aqui). Acima, imagens dos filmes A Aventura, A Noite, O Eclipse e O Deserto Vermelho; abaixo, a atriz Monica Vitti em A Noite e O Deserto Vermelho.

Curta nossa página no Facebook e siga nosso canal no YouTube

Veja também:
A educação religiosa de Ingmar Bergman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s