Widerberg: “Bergman é triste porque, para ele, Deus se retirou”

Nós, os jovens cineastas suecos, somos totalmente ateus. (…) Para nós Deus nunca existiu e nós estamos mais preocupados em abordar na tela temas mais importantes, como a igualdade de classes, igualdade que, malgrado a revolução econômica e social que nosso país conheceu, está ainda longe de ser uma das bases de nossa sociedade.

 

(…)

 

Em nossos filmes procuramos, antes de tudo, dar da Suécia uma imagem real, positiva: devo confessar que nós, os novos, consideramos uma brincadeira, quando lemos em revistas estrangeiras esta frase a respeito do cinema sueco: “o reflexo da tristeza num mundo sem Deus”. Por que um mundo sem Deus seria triste? Nós cremos no diálogo do homem com o homem e não no diálogo do homem com Deus. Bergman é triste porque, para ele, Deus se retirou, e essa tristeza que encontramos em toda a sua obra lhe serve sobretudo para explicar ele próprio, Bergman. Bergman representa Bergman e não a Suécia.

Bo Widerberg, cineasta sueco, cujos escritos estão destacados em O Planeta Bergman, de Carlos Armando (Oficina de Livros; pg. 111).

Widerberg compõe o chamado novo cinema sueco, que, a exemplo do que ocorreu em outros países, veio na esteira das novas ondas dos anos 60. Alguns de seus textos, segundo Armando, “foram acusações contra uma certa tendência do cinema sueco: a tendência bergmaniana”. Widerberg é lembrado por filmes como Elvira Madigan e Todas As Coisas São Belas.

Na ocasião da morte de Widerberg, em maio de 1997, a Folha de S. Paulo publicou uma matéria com o seguinte título: “Bo Widerberg foi o anti-Bergman” (leia aqui). O autor do texto, Humberto Saccomandi, destacou uma frase dos escritos de Widerberg dos anos 60:

Ingmar Bergman apresenta os mitos mais ordinários sobre nós, enfatiza noções falsas que os estrangeiros adoram ver confirmadas.

Na imagem ao alto, Ingmar Bergman; abaixo, cena de Elvira Madigan.

Curta nossa página no Facebook e siga nosso canal no YouTube

Veja também:
A Hora do Amor, de Ingmar Bergman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s