Por que Jack Nicholson recusou o papel de Michael Corleone

Percebi que sicilianos e italianos não mexem muito os lábios quando falam. Eu estava principalmente preocupado em interpretar um italiano. Recusei O Poderoso Chefão original porque achei que deveria ter sido interpretado por um italiano. Eu lamento e não me arrependo dessa decisão, mas sei que estava certo. Al Pacino foi o ator perfeito para isso e a imagem é melhor por causa dele. Mas agora um pouco de tempo passou e não sou tão militante, então achei que poderia interpretar um italiano [em A Honra do Poderoso Prizzi]. E os lábios e o sotaque realmente me davam tanto a sensação de ser de uma nacionalidade diferente quanto ajudavam no aspecto cômico.

Jack Nicholson, ator, em entrevista a Beverly Walker na revista Film Comment (maio/junho de 1985; leia aqui; a tradução é deste site). Acima, Nicholson e Kathleen Turner em cena de A Honra do Poderoso Prizzi.

Veja também:
A Difícil Arte de Amar, de Mike Nichols

Curta nossa página no Facebook e siga nosso canal no YouTube

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s