Como Peter Fonda teve a ideia de fazer Sem Destino, divisor de águas no cinema americano

Eu estava meio doidão e olhei para… uma foto de Anjos Selvagens, eu e Bruce Dern numa moto. E de repente eu pensei: é isso aí, esse é o western moderno, dois caras atravessando o país de moto… e talvez eles tenham feito uma supertransação e estejam cheios de grana. E eles atravessam o país e vão se aposentar na Flórida… Mas aí dois caçadores de pato num caminhão acabam com eles só porque não gostam do visual deles.

Peter Fonda, ator, roteirista e produtor, em Como a Geração Sexo-Drogas-e-Rock’n’Roll Salvou Hollywood, de Peter Biskind (Editora Intrínseca; pg 44). Além de atuar, Fonda é um dos roteiristas e produtores de Sem Destino.

Em seu livro, Biskind conta que Fonda ligou para Dennis Hopper, “quatro e meia da manhã”, para falar sua ideia, e nessa conversa sugeriu que o amigo dirigisse o filme. Acima, Fonda em cena.

Veja também:
Dennis Hopper, apaixonado e contido
Curta nossa página no Facebook e siga nosso canal no YouTube

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s