Sven Nykvist segundo Woody Allen

Para mim, Sven é um dos maiores fotógrafos do mundo, e fico impressionado pela paixão que ele tem pelo que faz. É sempre possível analisar e pôr à prova o que torna grande um fotógrafo. Saber iluminar como Carlo di Palma, que tem uma personalidade leve. Outros são mais sombrios, como Gordon Willis. Cada um deles tem uma filosofia de trabalho. Uns gostam de movimentar a câmera, outros preferem que ela fique parada. Mas, no fim das contas, o que importa mesmo é o sentimento. E Sven sabe colocar sentimento no trabalho dele. O trabalho dele com Bergman, por exemplo, é extraordinário. Quando Duas Mulheres Pecam é uma belíssima obra de arte, extremamente poética no que diz respeito à fotografia. Gritos e Sussurros é lindo. Fanny e Alexander também. Todos os filmes que ele fotografou são maravilhosos, mas estes três são particularmente estimulantes.

Woody Allen, cineasta, em entrevista a Stig Björkman, no livro Woody Allen on Woody Allen (o trecho foi publicado no catálogo da mostra A Elegância de Woody Allen, do CCBB; pg. 32). Acima, o diretor com Sven Nykvist nos bastidores de Crimes e Pecados; abaixo, nos de A Outra.

Curta nossa página no Facebook e siga nosso canal no YouTube

Veja também:
Kubrick segundo Fellini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s