Como Bernardo Bertolucci conheceu Sergio Leone (e como ajudou a criar a história de Era Uma vez no Oeste)

Quando se encontrou com Sergio Leone pela primeira vez, Bernardo Bertolucci estava há três anos sem lançar um filme no cinema e precisava de trabalho. O encontro ocorreu no Natal de 1966, no Supercinema, em Roma, que exibia Três Homens em Conflito. Leone estava na cabine de projeção com Dario Argento, na época crítico de cinema.

E ele disse: “Você veio à primeira exibição”. E eu respondi que queria ver os filmes dele e que queria estar entre os primeiros a vê-los. Ele me perguntou o motivo. Parecia um interrogatório policial, e eu comecei a ficar irritado. Eu não sabia se o que ele queria era receber elogios. Respondi que naquele momento do cinema italiano eu o achava um dos diretores mais interessantes, se não o mais interessante diretor do país. E ele me perguntou por quê. Na verdade, eu queria ir embora. Mas respondi que nos faroestes tradicionais que assistíamos os cavalos eram filmados pela lateral, em perfil. O perfil é bonito, mas é muito comum. Respondi que gostava de como ele mostrava o traseiro dos cavalos. Percebi que ele ficou curioso. Ele disse: “É mesmo?” E eu respondi que sim. Disse que gostava da câmera no traseiro dos cavalos. Assim como John Ford fazia. Dessa forma você percebe a força do animal e a energia do animal. Ele olhou para mim. Fez uma grande pausa. Foi como quando editamos filmes em que duas personagens se encaram. De um lado há um close-up e uma pausa, e [do outro lado] outro close-up e outra pausa. Então, ele disse: “Quero que escreva meu próximo filme”.

Bernardo Bertolucci, cineasta, no documentário Uma Ópera da Violência, disponível nos extras do DVD nacional de Era uma Vez no Oeste (Paramount Pictures). Bertolucci é um dos autores da história do filme, ao lado de Leone e Dario Argento. O roteiro é assinado por Sergio Donati e Leone. Abaixo, Claudia Cardinale em Era uma Vez no Oeste.

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

Veja também:
Bastidores: Era uma Vez na América

2 comentários sobre “Como Bernardo Bertolucci conheceu Sergio Leone (e como ajudou a criar a história de Era Uma vez no Oeste)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s