Bastidores: Zodíaco

No filme de Fincher o vilão não aparece tanto na imagem, mas é um velho conhecido do espectador: é o tradicional matador em série, o personagem que para reafirmar seu poder sobre as pessoas comuns desafia a polícia com avisos cifrados de seus crimes – nenhum deles resultado de uma particular explosão de raiva, de ódio ou de um instante de loucura, mas sim de uma ação aleatória na escolha da vítima e profissionalmente bem calculada. O vilão não aparece porque o filme na verdade não se ocupa dele – nem de suas vítimas, que entram em cena pouco antes de morrer e em seguida desaparecem da história. O que Zodíaco quer é discutir como a sociedade deve lidar com o matador profissional.

José Carlos Avellar, crítico de cinema (no site Escrever Cinema), na estreia do filme de David Fincher, no Festival de Cannes de 2007.

Curta o Palavras de Cinema no Facebook

zodíaco

zodíaco1

zodíaco2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s